terça-feira, 2 de julho de 2013

EMOÇÕES NA TURQUIA


UM DOS GRANDES DESTINOS DO VERÃO DA EUROPA



Antigamente, férias de verão na Europa eram sinônimo de excursões à Itália, França, Inglaterra, Alemanha, Áustria,  Espanha, Portugal, Grécia, Suíça e mais alguns países, como Bélgica e Holanda. Ou as capitais da Escandinávia, todas caríssimas. 



Não é que esses destinos consagrados tenham caído de conceito ou estão em baixa - nada disso, seguem com muito prestígio e são opções naturais para quem pretende se inspirar um pouco na cultura européia. . Mas surgiu uma nova lista de emergentes, com lugares de belezas incríveis, e vida muito menos cara, e eles estão atraindo cada vez mais gente - como é o caso da Turquia, por causa de Istambul, Mesquita Azul, Estreito de Bósforo, Capadócia, voos de balão (prejudicados por recente tragédia com vítimas brasileiras), ruínas de Éfeso (Ephesus), casa da Virgem Maria,  Kusadasi, Izmir, Antalya e a capital Ancara (Ankara).



Uma das grandes atrações de Istambul são os passeios de barco pelo Estreito de Bósforo que liga o Mar Negro  ao Mar de Mármara, acompanhados pos bandos de gaivotas brancas.




A Turquia é um dos destinos em grande evidência neste verão no Hemisfério Norte, que começou oficialmente em 21 de junho, coincidindo com nosso inverno. Podem ser ainda lembrados a Hungria, Polônia, República Tcheca, Montenegro, Eslováquia, Croácia (Dubrovnik é uma das estrelas da temporada), Estônia, Eslovênia, Ucrânia etc.



As recentes manifestações políticas contra o governo turco na Praça Taksim, em Istambul, exigem que o visitante se mantenha sempre atento aos programas de notícias nas TVs e cobertura dos grandes jornais. Basta que o viajante tenha cuidado e ande acompanhado, evitando locais de confrontos e distúrbios.



Istambul,  capital econômica do país, com mais de 6 milhões de habitantes, é uma cidade linda, cheia de imponentes mesquitas, construções históricas, e mais parece um grande empório comercial, onde se vende de tudo: tapetes persas, caviar russo, bolsas, última moda, jóias, bebidas raras, azeites, candelabros de cristal e tudo que se pode imaginar em porcelana, madeira, metal, couro, algodão e lã.

O Grand Bazaar de Istambul é conhecido mundialmente, verdadeiro labirinto de odores, sons e cores.



A Turquia está situada geograficamente num dos extemos da Europa, separada da Ásia pelo Estreito de Bósforo, que liga o Mar Negro ao Mar de Mármara. A comunicação com o lado asiutico é feita por uma infinidade de barcos e por duas pontes monumentais sobre o Bósforo. O Estreito tem largura de apenas 600 metros, com magnificos palácios nas duas margens. Uma excursão de barco dura 2 horas, e as embarcações são acompanhadas por voos rasantes de gaivotas brancas.



Mas, se a gente olhar atentamente os Atlas da National Geographic, verá que a Turquia é menos européia e está mais no Oriente Médio, pela proximidade e fronteiras com Irã, Síria, Líbano, Armênia e Geórgia. Com população superior a 70 milhões, tem agora uma nova moeda mais valorizada, a nova lira túrca. Foi necessário cortar seis dígitos (o Brasil já fez isso no tempo do mil réis e depois no cruzeiro), porque, na década de 90, 1 dólar americano valia exatamente 1.646.211 LT (lira turca). A gente ficava com um monte de notas na mão, sem entender nada. Era preciso ter calculadora. Hoje, o dólar vale 1.5 da nova lira. 


A seguir, mais informações sobre a Turquia, destino que está nos planos de dezenas de mineiros nestas férias. A maioria vai embarcar nos voos diretos pelos jatos Airbus A330-200 da TAP Portugal, de BH/Confins para Lisboa, e conexões na capital portuguesa para mais de 40 destinos europeus - como Roma, Milão e Veneza; Madri e Barcelona; Berlim, Munique,  Colônia e Frankfurt; Bruxelas e Amsterdam;  Zurique, Viena e Salzburg; Londres, Glasgow e Edinburgh; Estocolmo, Helsinque, Oslo e Copenhague; Varsóvia, Budapeste, Praga e Moscou.



Já em setembro, mas via Guarulhos, vai embarcar um grupo de associados do Minas Tênis Clube para Istambul, como se verá adiante.

Kusadasi é um dos principais portos da Turquia, escala de dezenas de cruzeiros marítimos.

 
               NAVIOS SEMPRE ESCALAM EM KUSADASI


As principais atrações da Turquia estão sempre presentes nos roteiros das grandes operadoras - como Abreu, CVC, Master, Primus, Tourlines, Nascimento, RCA, Queensberry, Interpool etc. O Aeroporto Internacional Ataturk, em homenagem a um ex-presidente do país (Kemal Ataturk, que inicou as grandes reformas após a independência da nação em 1923), recebe voos diretos das principais companhias aéreas mundiais. 

Mas pode-se chegar ao território turco também de navio e, neste caso, conhecer vários lugares de maneira rápida e superficial. Portos como Kusadasi e Izmir recebem, semanalmente, navios das principais transportadoras marítimas, como Costa Cruzeiros, MSC, Royal Caribbean, Silversea, NCL, Oceania, Princess, Holland America etc. 

Kusadasi, importante destino para quem busca boas praias, hotéis de lazer, resorts de luxo e ótimas compras, oferece excursões que chegam a emocionar, como às ruínas de Éfeso Ephesus), patrimônio da humanidade,  e, subindo o morro, a chegada de táxi ou ônibus à casa da Virgem Maria, onde ela teria vivido em companhia do evangelista João, fugindo das perseguições dos romanos.

 Pouco conhecida nos anos 80, a casa da Virgem se tornou um centro de peregrinação e recebe centenas de visitantes diariamente. A igreja é muito pequena, quase uma capela, e formam-se longas filas. Do lado de fora, há várias lojas que vendem imagens, medalhas, terços e artigos religiosos em geral (matéria  completa num dos próximos blogs).

A Turquia é um país muito extenso, com área de 779.452 km2. A língua dominante é o turco, mas muitos guias falam ingls, itâliano macarrônico e espanhol. O povo é simpático e hospitaleiro, e os taxistas, no geral, são confiáveis. Mas cuidado quando sair às compras, pela esperteza de um lado e a mania de pechinchar do outro.

Cada vendedor de rua, ou na loja, pede alto primeiro para depois baixar o preço à metade, ou um terço do valor inicial. Se identificam você como brasileiro, vão logo lhe falar nomes de jogadores da Seleção Brasileira nas Copas passadas. Os mais antigos citam Zico, Falcão, Toninho  Cerezzo, Sócrates, Romário etc. Mas talvez já conheçam Neymar, Oscar e David Luís, e viram o Brasil dar um olé na Espanha: 3 a 0 na final da Copa das Confederações.. 

Qualquer que seja o porto de escala, os cruzeiristas vão gostar desses lugares aprazíveis, cheios de lojas, com ótima comida e bons vinhos. Os azeites da Turquia concorrem com os da Grécia em prestígio. E os doces são inesquecíveis, com nítida influência árabe.

No Grand Bazaar, o turista fica encantado com a variedade do artesanato da Turquia, num labirinto de lojas.




                              DEZ DIAS NA TURQUIA EM SETEMBRO

Os associados do Minas T.C., em Belo Horizonte, já estão se mobilizando para uma nova excursão à Europa, e desta vez a Turquia foi o país escolhido. Viagem de 9 a 19 de setembro, saindo de BH/Confins com destino a Guarulhos e conexão para Istambul. 

Entre as grandes atrações da viagem: a fabulosa Mesquita Azul, Hagia Sophia, Palácio Topkapi, Grand Bazaar, Estreito de Bósforo, Mercado de Especiarias, ruínas de Éfeso e encantos da Capadócia. 

Nessas excursões, predominam os casais de meia idade, com ou sem filhos, e grupos de amigos. Um guia brasileiro vai acompanhar os viajantes em todo o  percurso. Foram escolhidos hotéis de categoria 4 e e 5 estrelas, com café da manhã, e estão programados oito jantares na Turquia.

O roteiro, organizado pela operadora Belvitur, inclui todos os traslados aeroporto-hotel-aeroporto. E um ônibus executivo vai sair do Minas I para Confins, na ida e volta. O número de vagas é limitado. Inscrições e  programas na operadora (3289-9090). Outras informações no próprio Minas T.C.: 3516-2084/2087



    AS CEREJEIRAS EM FLOR NO RETIRO DAS PEDRAS



Muita gente pode até não acreditar, mas existem cerejeiras em flor no inverno de Minas Gerais e ELAS podem ser vistas em alguns lugares específicos, ou exclusivos. Aqui estão dois exemplares das cerejeiras floridas. As fotos são de autoria do administrador de empresas José Cesário Alvim Figueiredo, aposentado na Cemig, morador no Retiro das Pedras, um condomínio residencial com acesso pela BR-040, sentido Rio, logo acima do Jardim Canadá. As cerejeiras ficam perto de sua casa e despertam muita atenção.

Toda a beleza das cerejeiras em tom rosa pode ser vista durante apenas duas semanas, três no máximo. Depois, as flores caem rapidamente, e são levadas pelo vento,  mas já fica agendada uma nova edição para o inverno do ano que vem. 

Já pensaram que beleza seria se as principais cidades históricas de Minas - como Ouro Preto, Congonhas do Campo, Sabará, Mariana, São João del-Rei, Tiradentes, Diamantina, Serro e outras - cuidassem de plantar cerejeiras em seus jardins e praças?

Principalmente nos municípios de clima frio, como as estâncias hidrominerais do Sul de Minas, as Prefeituras poderiam se esforçar para conseguir mudas de cerejeiras e plantá-las nos seus jardins. Teriam, assim, mais uma atração turística. Fica aqui uma sugestão para os administradores de Poços de Caldas, Pocinhos do Rio Verde, Caldas, Andradas,  Caxambu, Lambari, Cambuquira, São Lourenço, Passa Quatro, Jacutinga, Elói Mendes, Alfenas, Campanha, Pouso Alegre etc.


 






Nenhum comentário:

Postar um comentário