quarta-feira, 9 de abril de 2014

CHICAGO, CAPITAL MUNDIAL DO TURISMO NESTA SEMANA COM O CONGRESSO IPW




 
Majestosa de qualquer ângulo, Chicago é a terceira maior cidade dos Estados Unidos
Está acontecendo nesta semana - de 5 a 9 de abril - a 46ª edição do IPW, abreviação do antigo nome International Pow Wow, considerado o maior congresso de turismo dos EUA , em Chicago, a terceira maior metrópole do país. Um evento que reúne mais de 6 mil delegados, entre fornecedores nacionais e compradores  estrangeiros, estes representando mais de 70 nações. A expectativa é de gerar futuros negócios no volume de US$ 4,7 bilhões nos próximos dois anos.
Chicago criou um clima de festa para mais este congresso, que tem como sede o McCormick Place, um dos maiores centros de convenções dos EUA. Pelos relatos dos colegas lá presentes, representando o que a imprensa brasileira de Turismo tem de mais importante, é como se uma Copado Mundo estivesse acontecendo na cidade, tal o número de postes enfeitados com grandes bandeiras.
Pelo seu gigantismo, o congresso mobilizou mais de 20 grandes hotéis na cidade, e uma frota de mais de 60 ônibus de luxo para transporte dos participantes ao Centro McCormick e aos locais dos eventos externos. O congresso sempre começa  com a festa oficial de abertura na noite de domingo. São 3 dias inteiros de reuniões de negócios, com entrevistas de 20 minutos cada,  agendadas previamente por computador, colocando frente a frente os vendedores e compradores.
Chicago foi sede do IPW pela última vez em 1998, e a cidade tem planos ambiciosos para aumentar a chegada de visitantes internacionais. O prefeito Emanuel Hahm  está muito otimista. O congresso é promovido pela U.S. Travel Association,  principal entidade do Turismo nesta nação. Acredita-se que,  pelo seu potencial de vendas, o IPW possa representar a chegada de mais de 8,8 milhões de visitantes estrangeiros , que vão gastar o equivalente a US$ 28 bilhões.
 Serão mais de 90 mil entrevistas concluídas nesses 3 dias A festa de encerramento acontece na noite de quarta-feira,  dia 9,  e a edição de 2015 será em Las Vegas.  Já se fala numa festa de arromba em meados de 2018,  quando o IPW completa 50 anos.
No fechamento deste blog,  ainda não havia as estatísticas finais, mas os números devem representar novo recorde.  Estão presentes em Chicago as maiores empresas dos EUA e do Turismo mundial,  entre companhias aéreas, redes hoteleiras, transporte terrestre, operadoras, agentes de viagens, locadoras, seguradoras, cruzeiros marítimos, financeiras, fretamentos etc.
Por razões médicas, não pude estar presente,  a convite de Luiz de Moura Jr.,  vice-presidente da U.S.Travel Association, que comandou a delegação do Brasil. Mas eu não podia deixar de fazer esta homenagem a Chicago, que conheço tão bem, e sobre a qual há sempre muito o que se falar. Está em 9° lugar entre os 10 maiores destinos turísticos dos Estados Unidos, mas tem a ambiciosa meta de subir  ao 5° lugar até 2020. A United Airlines, cuja principal base de operações é o Aeroporto Internacional O'Hare levou ao estado de Illinois os principais delegados internacionais. A empresa faz ligações diárias entre Guarulhos-SP e   Chicago, e também Nova York, com seus Boeing 777-300.
A seguir, dicas para aproveitar bem o que esta cidade mágica oferece aos visitantes: Adler Planetarium,  Lincoln Park Zoo, Navy  Pier, passeios de barco pelo Lago Michigan, mais de 200 teatros, 7.300 restaurantes, importantes museus,  200 galerias de arte e 3 mil hectares de parques públicos – entre eles o Grant, onde começa a Rota  66 ,que atravessa todo o país até a Costa Oeste. Ver os sites www.choosechicago.com e www..booking.com/Chicago para reservas de hotéís).

DO ALTO DA ANTIGA SEARS TOWER (THE WILLYS),
A VISTA ALCANÇA QUATRO ESTADOS  AMERICANOS

Um dos ícones de Chicago sempre foi a estrutura metálica em vidro escuro, com altura de 110 andares, tendo no topo o observatório (Skydeck) com a melhor vista da cidade, alcançando, em dias claros, além das paisagens de Illinois, também de  Michigan, Indiana e Wisconsin,  os vizinhos mais próximos. Hoje, a Sears Tower se chama The Willys Tower, e a subida ao topo do prédio segue sendo um programa imperdível. Os elevadores atingem 300 metros por minuto. A segunda melhor vista é do John Hancock Building,  também em vidro escuro e aço.

Em dias claros, sem muito vento (Chicago é conhecida como The Windy City por causa desses ventos contínuos e frios), recomenda-se um curto passeio de barco pelo gigantesco Lago Michigan, com extensão de 485 km (mais do que a distância entre Belo Horizonte e o Rio) e 190 km de largura. Parece mar. E tem a quinta maior bacia de água doce da Terra.

Os rios Chicago e Calumet cortam a cidade, e há dezenas de pontes de ferro ligando vários pontos interessantes, com serviço regular de barcos (water taxis). Referências obrigatórias da metrópole de Illinois: o United Center, casa do Chicago Bulls (NBA), o time de Michael Jordan; o espetacular Planetário Adler;  o trem suspenso na chamada The Loop área; o Lincoln Park Zoo, que recebe 3 milhões de visitantes por ano; The Art Institute, coleção de pinturas impressionistas.
A primavera já chegou, e voltam aos jardins e parques as tulipas coloridas

São 2,6 milhões de habitantes em Chicago e sua área metropolitana, com 77 subúrbios. A rede hoteleira conta com as principais bandeiras americanas e internacionais: Ritz-Carlton, Four Seasons, Starwood e W Hotels, The Meridien, Hilton, Sheraton, Renaissance, InterContinental, Marriott, Hyatt Regency, Mandarin Oriental, The Peninsula, Conrad, JW Marriott, Wyndham, Embassy Suites, Radisson, Sofitel etc.

Há dezenas de museus e exposições de arte. Destaque também para a Livraria Harold Washington Center, com 6,5 milhões de livros; e o Chicago Cultural Center, com sua cúpula de vidro e aço feita pela Tiffany’s.

Os prédios residenciais ao longo do chamado Riverfront estão entre os mais belos e elegantes dos EUA. São condomínios de luxo, em fila, em mais de 45 km margeando o grande lago, com 25 km de praia artificial. A cidade conta com dezenas de parques públicos. Festeira como ela só, Chicago promove 36 paradas anuais, com os mais variados temas e motivos. 

Seu poder financeiro pode ser avaliado  por este dado: 11 corporações locais integram a exclusiva lista de bilionários da Fortune 500, que reúne as maiores empresas do país.

O Aeroporto O’Hare (ORD) é o segundo maior dos EUA, só perdendo para o Hartsfield-Jackson de Atlanta. Na estatística de embarques em 2012, Atlanta (ATL) teve 45,7 milhões de viajantes, contra 32 milhões de Chicago. A cidade tem um segundo aeroporto, Midway (MDW), com mais de 9,4 milhões de passageiros por ano.

A Magnificent Mile, na região central e Distrito Financeiro, conta com 1,6 km de lojas de luxo, joalherias,  bancos, comércio elegante, artigos esportivos, e lugares exclusivos de etiquetas como Chanel, Dior, Hermès, Louis Vuitton, Valentino, Zegna, Versace, Armani, Escada etc. Há restaurantes chiques e galerias de arte. Entre os shoppings nos arredores de Chicago, destaque para o The Gournee Mills.

Entre os 7.300 restaurantes locais, há de tudo: comida cajun e creole, tex-mex (texana e mexicana), cozinha mediterrânea, americana, francesa, espanhola, portuguesa, tailandesa, grega, japonesa, chinesa,  escandinava, belga, alemã, italiana, russa, indonésia, coreana etc. Para os turistas que não querem gastar muito, há dezenas de pizzarias e casas de massas, além de lanchonetes tradicionais como Arby’s, Quiznos Subs, Panera Bread, Subway, Pizza Hut,  KFC, TGI Friday’s,  Burger King etc. 

         
              HOTEL HOLIDAY INN ABRE AS PORTAS
           PARA O TURISMO EM GRANDE EVENTO

A partir desta semana, Belo Horizonte conta com mais um hotel de categoria internacional, com a respeitada bandeira da Holiday Inn, dois meses antes da Copa do Mundo começar. Importante destacar  que esta foi a data prometida quando o empreendimento foi lançado. Vale  lembrar, também, que outros hotéis já ficaram prontos a tempo, mas muitos estão bem atrasados e alguns podem nem se concretizar, ficando só nas promessas.
O Holiday Inn de Belo Horizonte fica na Rua Professor Morais 600, a duas quadras do Shopping Pátio Savassi e próximo de bancos, comércio e vários negócios. A Patrimar  investiu R$ 38 milhões para concretizar este empreendimento, com a participação de investidores que acreditaram na rentabilidade do novo hotel.
São 216 unidades, com 27 m2 de área cada, equipadas com TVs de 40 polegadas, dock station, cofre,  camas king size, ferro e tábua de passar roupa,  e  outras comodidades. O Holiday Inn, segundo seus idealizadores, "vem atender, com excelência, às demandas de negócios, eventos e turismo da cidade e deve assumir a liderança do seu segmento já no primeiro ano de atividade".
A festa de abertura, em alto estilo, aconteceu na terça-feira, 8 de abril, com Developmentuma apresentação especial para os meios de comunicação e segmentos do turismo, na parte da manhã, e uma grande recepção à noite, reunindo grande número de convidados, autoridades e lideranças do meio empresarial e político, além das principais entidades de classe.
A convite da construtora, a inauguração foi presidida por Alvaro Diago, que veio dos Estados Unidos. Ele é o CEO do IHG - InterContinental Hotel Group para a América Latina e Caribe, com base em Miami. Álvaro Diago já morou no Brasil e foi gerente geral do antigo Hotel InterContinental Rio, na Praia da Gávea, e exerceu o mesmo cargo no InterContinental de Miami, umn dos marcos arquitetônicos da região do Biscayne Boulevard. A corporação opera 4.500 hotéis erm escala mundial. .
O presidente da Patrimar,  Alex Veiga, e o diretor comercial e de marketing, Lucas Couto, foram muito cumprimentados por esta realização. Iniciando suas atividades na construção civil nos anos 70, a empresa consolidou sua marca e executou dezenas de empreendimentos importantes neste período. Alex Veiga destacou a importância da Rede IHG na indústria hoteleira mundial, e seu prestígio em todos os continentes. 
Neste projeto, a Patrimar contou com a experiência hoteleira dos consultores José Aparecido Ribeiro e Maarten van Sluys, que deram importante contribuição com seus conhecimentos.  O hotel tem projeto da Hamam International, considerada autoridade mundial neste segmento. Possui também um centro de convenções com quatro salas, atendendo a 200 pessoas, com estacionamento para 84 vagas e serviço de manobrista. Oferece ainda piscina com raias e espreguiçadeiras para descanso, academia de ginástica, sauna e Spa, além de Business Center bem equipado.
O Restaurante Drummond, que tem este nome em homenagem ao poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade, é outro destaque do empreendimento da Patrimar. Projetado pelo escritório Farkasvölgyi Arquitetura, conta com espaços integrados amplos e bem definidos, segundo os idealizadores. O Drummond se diferencia também por sua adega, com grande variedade de vinhos internacionais e brasileiros, e seu cardápio é especializado em cozinha contemporânea. Os pratos tradicionais mineiros não foram esquecidos.
Para comprovar a importância do restaurante Drummond no empreendimento, a Rede IHG informou que o menu foi elaborado especialmente pelos chefs David Jobert, natural de Lyon, e por Jonas Garcia, chef executivo da cadeia IHG, que comandou - por mais de 25 anos - as cozinhas dos hotéis Crowne Plaza e Holiday Inn, em São Paulo. Ambos foram muito elogiados pelo diretor geral da IHG no Brasil, Francisco Paco Garcia.
Os apartamentos devem ser ocupados a partir de 1° de maio, pois estão sendo feitos os ajustes finais, mas as reservas estão abertas, 24 horas por dia, no site www.holidayinnbrasil.com.br e informações em BH pelo fone (31) 3064-6555. A Rede IHG opera 12 centrais de reservas em todo o mundo, ligadas às maiores agências corporativas.   A diária básica para casal será de R$ 400, com café da manhã, ou R$ 325, sem café. Serão aceitos todos os cartões de crédito.



Um comentário:

  1. Achei o máximo esta frase :
    TAPUMES NO AEROPORTO DE CONFINS
    PARA ESCONDER NOSSA INCOMPETẼNCIA

    ResponderExcluir