domingo, 24 de abril de 2016

A RAZÃO DE TANTO AMOR AO CHILE

 A Grande Torre do Chile, com 64m de altura, é  o prédio mais alto da América do Sul
Está chegando a temporada de esqui na Cordilheira dos Andes, e a juventude do Brasil e outros países sul-americanos começa a pensar nas espetaculares pistas de esqui em Valle Nevado, Farellones, El Colorado e Portillo, e nas mais distantes, como Pucón e Torres del Paine. O Chile será, de novo, a bola da vez no turismo de junho até fins de setembro.

Alguns  programas já foram lançados por operadoras, como CVC, Visual e Agaxtur. Nos 3 anos e 4 meses de existência deste blog, nunca se fez aqui uma ardente declaração de amor à brava nação chilena, apesar das edições sobre a heróica salvação dos 31 mineiros soterrados na Mina de San Jose, no deserto de Atacama, e a conquista da última Copa América pela seleção do Chile.


Então é preciso explicar a razão de tanto amor ao Chile. Trata-se de uma relação de 48 anos. Ao completarmos 1 ano de casados, em janeiro de 1968, Ana Maria e eu fizemos um grande esforço para comprar 2 passagens da Varig e irmos a Santiago, via Buenos Aires. O objetivo era visitar nossos padrinhos de casamento, Guy de Almeida e sua esposa Clélia Bacha de Almeida, que não puderam estar presentes na cerimônia na Igreja de Santo Agostinho, em Belo Horizonte, por estarem asilados na capital chilena. 

Guy é o maior jornalista que a Imprensa mineira já produziu, excessivamente modesto e inimigo dos holofotes, porém maior do que todos os outros que se tornaram doutores, acadêmicos e  escritores. Foi um formador de grandes repórteres. Quem  trabalhou com ele aprimorou seu faro na busca da notícia. Ele nos ensinou a ouvir sempre o outro lado, a apurar tudo até o fundo - nada de superficialidades. Sua fornada de bons jornalistas abasteceu algumas das melhores redações do Brasil (Veja, O Estado de S. Paulo, Folha de SP, Rede Globo, Jornal da Tarde,  Jornal do Brasil etc). Guy foi aquele chefe durão que todo repórter novo precisa, quando começa a se julgar o tal, e acha que escreve bonito.

Por sorte minha, comecei com Guy de Almeida em dezembro de 1959, no antigo prédio do "Diário de Minas", na Praça Raul Soares.  Depois, me chamou para seguir com ele no "Correio de Minas" e revista 3 Tempos. E continuamos juntos no "Binômio", até o jornal  ter sido empastelado (falava-se assim na época) por tropas do Exército e condenado ao fechamento. Tempos heróicos de José Maria Rabelo e Euro Arantes, Guy e Lúcio Nunes. Basta lembrar alguns repórteres: Fernando Gabeira, Roberto Drummond e Ponce de León. Eu fiquei em MG, por fortes razões familiares.

Um de meus orgulhos na profissão é ter ido visitar Guy, preso na Penitenciária de Neves, em 7 de julho de 1964, e na volta à Redação, encontrar minha carta de demissão sobre a coluna esportiva que estava escrevendo para o DM. Depois, Guy se asilou no Consulado Geral do Chile, no Rio, e acabou embarcando para Santiago. Clélia e os 5 filhos foram em seguida: Beatriz, Arnaldo, Artur, Guilherme e Guy Afonso (vocês veem o Artur Almeida todos os dias na Rede Gobo, como editor e apresentador do MG TV na hora do almoço).

O Chile foi um novo lar para a família, que vivia em Los Cipreses, região pacata de Santiago - tão diferente desta vibrante metrópole de hoje. Os meninos continuaram os estudos em colégios chilenos, e o pai trabalhava na agência de noticias Inter Press Service, na Calle Huérfanos.

Guy e os demais exilados mineiros no Chile (como José Maria Rabelo, Edmur Foneca e Antônio Ribeiro Romanelli, que dispensam apresentações) guardam do povo chileno as melhores lembranças por esta acolhida. Vi e senti isso. Então, aprendi a amar e respeitar o Chile e seu povo valente,tão duramente testado por terremotos e acidentes, e por generais sanguinários e políticos ladrões. O Chile pode vergar, às vezes, mas não dobra nunca.


A Cordilheira dos Andes faz um belo contraste com a modernidade dos hotéis e prédios executivos



VINHOS CHILENOS, DE QUALIDADE INTERNACIONAL


As vinícolas do país produzem vinhos de alta qualidade, especialmente os tintos Cabernet Sauvignon, Merlot e Carmenère. Tendo tempo, o turista pode conhecer os vinhedos do Valle Central, Maipo e Valle do Curacavi - onde pode experimentar empanadas feitas no forno, sempre quentinhas. São de carne, queijo e presunto, recheadas com ovos e azeitonas gigantes. 


Há lojas de vinhos espalhadas por Santiago, inclusive nos melhores shoppings, onde você encontra produtos da Concha y Toro, Undurraga, Cousiño Macul, Santa Rita, San Pedro, Santa Helena, Santa Carolina,  Canepa, Casa Rivas etc. Lá eles custam bem menos do que nos supermercados e nas lojas especializadas de BH, como Verdemar, Super Nosso, Casa Rio Verde etc.


Os restaurantes do bairro Providencia são muito variados, desde cantinas italianas a churrascarias, onde sempre se come muito bem. Os melhores peixes nacionais são o côngrio, o vermelho e o salmão. Há uma variedade de lagostas, camarões, caranguejos, ostras e frutos do mar. Na região sul,  onde fica Puerto Montt, o prato mais pedido é o curanto, com todo tipo de mariscos e ostras gigantes. 


Um bom lugar para almoçar na capital chilena é o Mercado Central. onde,  num grande círculo,os restaurantes estão sempre cheios, com a cerveja Crystal competindo com vinhos tintos.


Depois do almoço, voltando ao centro, pode-se fazer um passeio pela região da Catedral, Palácio de La Moneda, Museu de Arte Pré-Colombiana, considerado um dos melhores do mundo no seu gênero, pela importância de suas coleções.  Há ruas de pedestres, como Paseo Ahumada, sempre muito limpas, e lugares para descansar à sombra das árvores.

Militares chilenos em solenidade frente ao Palácio La Moneda


COMPRAS NO COSTANERA SUR E PARQUE ARAUCO


Um bom programa noturno é  visitar o shopping Costanera Sur, localizado no prédio mais alto da América do Sul, desbancando o antigo World Trade Center em Santiago. Você vai ficar encantado com as lojas de departamento e as especializadas em modas feminina e masculina, perfumes e cosméticos. Algumas marcas presentes: Dior, Cartier, Yves St. Laurent,  Polo Ralph Lauren, Esprit, Zara, Tommy Hilfiger, Laura Ashley, Nike, Adidas, Puma, Fiia, Reebok,  Calvin Klein, Prada, Hermès,  Gucci, Armani, Dolce & Gabbana etc.


No Parque Arauco, que foi o maior da cidade antes do Costanera Sur, destaque para as grandes lojas de departamento, aqui  chamadas almacenes: Falabella, Ripley e Almacenes Paris. E na praça de alimentação estão presentes os tradicionais KFC, Taco Bell, Pizza Hut, Burger king,Subs e McDonald's. Sugestão: experimentar a comida do Buffet Express, Fritz, Italia al Dente, Lomiton, Coppelia, Doggis, Savory e Pagoda.

A subida de teleférico ao alto do Cerro Santa Lúcia é muito procurada pelos visitantes



      UMA LISTA DE BONS HOTÉIS EM SANTIAGO


Por experiência pessoal, minha primeira indicação na oferta hoteleira da capital chilena é o Hotel Marriott Santiago, 5 estrelas, no alto de Las Condes, com vista espetacular, bons restaurantes, academia e boa estrutura de eventos. O shopping Parque Arauco fica muito próximo (fecha às 21h). Mais detalhes em www.marriotthotels.com e sugiro consultar as tarifas disponíveis no site Booking.com


Outra indicação é o Crowne Plaza Santiago, também 5 estrelas, a 400m da estação de metrô Universidad Católica, com 293 apartamentos. Estrutura completa: academia, sauna, quadras de tênis, sala de massagem, piscina etc. Prédio moderno, linda vista, fácil acesso.


Outras opções em Santiago: 


1) Hotel Galerias, 4 estrelas a 200m do metrô Santa Lucia e a 180m do Teatro Municipal, com 162 apartamentos. Fácil acesso a museus e atrações.


2) Hotel Panamericano, 4 estrelas no centro, a 600m do metrô La Moneda, com 162 apartamentos e café da manhã gratuito (a maioria dos hotéis cobra).


3) Hotel Torremayor Lyon, 4 estrelas a 350 m do metrô Los Leones, bairro Providencia, perto de bons restaurantes e lojas, com 100 apartamentos, piscina e estacionamento gratuito.


4) Hotel Torremayor Providencia (metrô Los Leones com estação a 350m). São 91 apartamentos. O hotel conta com lobby bar, piscina, café da manhã  gratuito e estacionamento pago.


5) Hotel Fundador, 4 estrelas, um dos mais tradicionais no centro, a 170m do metrô Universidad de Chile. Tem sauna, piscina aquecida e academia. São 147 apartamentos. 


6) Hotel Leonardo da Vinci, 4 estrelas em Las Condes, perto do metrô Alcantar. São 73 apartamentos bem equipados. Café da manhã e estacionamento gratuitos. Tem restaurante de gastronomia italiana e internacional.


7) Hotel Principado Express, 3 estrelas na Providencia, a 550m do metrô Baquedano, com apenas 40 apartamentos. Café da manhã e estacionamento grátis.


8) Principado de Asturias, 3 estrelas categoria turística, também localizado na Providencia, a 230m da estação Baquedano, com 72 apartamentos. Café da manhã e estacionamento grátis. Tem lavanderia e acesso para deficientes físicos.

9) Hotel Diego de Velásquez, 4 estrelas em  Providencia, a 270m da estação de Los Leones, com 60 apartamentos. Tem piscina, academia, bar e restaurante.

10) Hotel Montecarlo, 3 estrelas no centro, a 350m do metrô Universidad Católica e a 1 km do Cerro Santa Lucia. São 65 apartamentos. Estacionamento grátis, assim como o café da manhã.

Pesquisando o site Booking.com, você pode encontrar outras opções e fazer sua reserva.

As estações de esqui, como Valle Nevado,i atraem turistas de diversas partes do continente.



------------

PS-1: No próximo blog, mais opções de viagem no feriado religioso de Corpus Christi em 26 de maio. Podem conferir, pois haverá boas novidades com alguma tendência de baixa nos preços e tudo financiado em 12 parcelas sem juros. Fiquem atentos a promoções envolvendo Ilhéus, Salvador, Natal, Caldas Novas, Fortaleza, Serra Gaúcha, Bonito etc.  Obrigado pelo prestígio de sua leitura.



 PS-2: Por volta de 10 de maio, será postado novo blog falando do Festival Musical de Verão em Salzburg e mostrando a Getreidegasse, uma das mais belas ruas do mundo, apesar de tão pequena e estreita. Foi lá que Wolfgang Amadeus Mozart nasceu. Salzburg é uma cidade maravilhosa em qualquer época do ano. Quem não se lembra dela e das crianças do Barão  Von Trapp  no filme "A Noviça Rebelde"?

----------

Belo Horizonte/MG - Brasil
23 de abril de 2016
Editor - Hélio Fraga
Postagem e edição - Ana Cristina Noce Fraga
(E-maiil: hfraga.rmj@gmail.com)  








Nenhum comentário:

Postar um comentário