quinta-feira, 6 de abril de 2017

TRÊS FERIADOS SEGUIDOS FACILITAM VIAGENS ECONÔMICAS, E O NORDESTE É A BOLA DA VEZ

Nas cidades históricas de MG. a semana santa é sempre repleta de encenações

Vocês, que são bem informados e muito inteligentes, estão cansados de saber que este é o tipo do blog Pé no Chão, vivendo a realidade de um pais que foi levado ao abismo por incompetência e desonestidade de seus  governantes,com uma classe política digna da nação mais atrasada e corrupta do continente africano. Não adianta oferecer um cruzeiro marítimo de 80 dias, custando R$ 60 mil por pessoa, dando a  volta ao mundo num navio que é um luxo só. Ou alugar um iate de 25 pés em Miami e levar 10 convidados para um giro pelas mais belas ilhas do Caribe. Ou fazer voos de balão na Turquia.Ou alugar um Castelo do Vale do Loire para o batizado de sua filha ou neta.

Pé no chão é um projeto  de vida. Saber adaptar-se à realidade,e viver como as combalidas finanças do país o permitem. Nos três feriados em  sequência - Semana Santa, de 13 a 16 de abril;Tiradentes,de 20 a 23 de abril; e Dia do Trabalho, de 27 de abril a 2 de maio - a tendência será gastar o mínimo possível. O número de famílias endividadas até o pescoço faz prever que um grande número de brasileiros não tem condições de viajar nesses feriados, ou então vão tentar o destino que for mais econômico,e com facilidade de pagamento - a CVC Viagens domina este segmento.

As estâncias hidrominerais de Caxambu atraem visitantes o ano todo.

A proximidade das cidades históricas do Ciclo do Ouro vai permitir que muitos mineiros arrumem uma rápida viagem a Ouro Preto, Congonhas do Campo, Tiradentes, São João del-Rei, Sabará, Mariana, Diamantina, Serro, Caraça e outros destinos. Famílias vão passar os feriados em Lagoa Santa e Serra do Cipó, e outras vão visitar as grutas de Maquiné, Lapinha e Rei do Mato. 

Haverá muita gente optando pelos rios e lagos de Minas, como Furnas, Escarpas do Lago, Capitólio e as represas de Três Marias,Itutinga, Camargos, Volta Grande, Jaguara, Miranda, Nova Ponte,Emborcação, São Simão e outras. E haverá visitantes conhecendo as estâncias hidrominerais do Sul de Minas e Circuito das Aguas, como Caldas ,Poços de Caldas, Pocinhos do Rio Verde, Lambari,São Lourenço, Caxambu e Cambuquira - pena que seus donos de hotéis (alguns pararam no tempo) não façam o menor esforço para serem mais conhecidos a Capital e  Grande BH. E Araxá se destaca, na Semana Santa, pelo belo espetáculo de luzes,cores e sons no Tauá Grande Hotel.

O espetáculo em Araxá emociona os turistas

Mas a bola da vez, nos três feriados, são as capitais do Nordeste, graças à facilidade de pagar o pacote  em 10 ou 12 parcelas.E isso vai estimular as vendas de pacotes para  Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Costa do Sauípe, Iberostar Praia do Forte, Grand Palladium Imbassahy, Vila Galé  Marés (Guarajuba), Ilha de Comandatuba, Ilhéus, Olivença, Itacaré, Porto Seguro, Arraial d 'Ajuda e outros destinos baianos, com boa oferta de voos extras da Azul, Latam e Gol. A Avianca segue ignorando Minas.

Os múltiplos caminhos do Nordeste e os voos fretados podem levar os mineiros a Recife e Olinda,Ilha de Itamaracá, Porto de Galinhas, Cabo de Santo Agostinho, hotéis e resorts de Maceió, Praia do Gunga, Praia do Francês, Deodoro, Salinas do Maragogi, passeios de jangada em Pajuçara, Club Med de Itaparica, Fortaleza, Natal, Praia  de Pipa, Dunas de Genipabu, Cumbuco, Canoa Quebrada, Beach Park, Aquiraz, praia de nudismo de Tambaba e experimentar as atrações de João Pessoa, Cabo  Branco, praia de Tambaú, e vários hotéis de lazer no litoral nordestino.

O complexo de lazer do Grand Palladium Imbassahy é espetacular


Qualquer que seja o destino escolhido, não há tempo a perder. Há vagas em várias excursões,e a oferta parece ser maior do que a procura. Hoje e amanhã são os dias vitais para você fechar a compra de seu pacote - com votos de que escolha bem, e tome muito cuidado para não estourar as despesas no cartão de crédito, porque os juros dos bancos são piores  do que os dos mais desalmados agiotas da Praça Sete.


                                NOVOTEL RIO BARRA DA TIJUCA BAIXOU PREÇOS

O Novotel Rio Barra da Tijuca fica em frente ao Posto 7

Muitos turistas mineiros, sempre de olho em promoções de hotéis,principalmente em frente ao mar, conheceram o Novotel Rio Barra da Tijuca através deste blog, após a virada do ano de 2015. Fizemos uma primeira experiência nele,após pesquisa de meu genro na internet e gostamos muito.O hotel de 4 estrelas da Rede Accor superou muito  nossas expectativas.Dois apartamentos custaram, por 7 dias, cerca de R$ 2.300, à vista. Entre as boas surpresas,um ótimo restaurante com vista da praia da Barra. E serviço de táxi 24 horas por dia.

Mesmo sem ir lá, tenho acompanhado o crescimento do hotel (a concorrência na Barra é acirrada) e o aumento de mineiros entre os hóspedes - não apenas da Capital e
Grande BH, como da Zona da Mata, Vale do Rio Doce,Vale do Aço, Mantiqueira, Triãngulo, Sul de MG e outras regiões.

Através do gerente geral Ronaldo Grapiglia (que disputa todos os anos a Volta da Pampulha, ao lado da mulher Alvine), recém-chegados de 3 semanas na Itália,  o Novotel Rio de Janeiro Barra da Tijuca informa que criou uma condição especial para esta Semana Santa, e estendida aos feriados de Tiradentes e 1º de maio. Dois jovens de até 16 anos se hospedam de graça, no apartamento dos pais, e a diária completa, com café da manhã incluso (vale no mínimo Rr$ 40) sai por R$ 329. É uma pechincha.

O Novotel Barra fica na Av. Lúcio  Costa (Sernambetiba)  5210, em frente ao Posto 7,excelente trecho da praia, com a barraca do Romarinho.O hotel oferece wi-fi grátis o tempo todo. Tem piscina na cobertura, academia de ginástica, sauna a vapor e serviço de bar. O Espaço Kids garante diversão e jogos para a garotada.

Reservas e informações pelo fone (1) 3504-3000. Ver o site Accor.com.br e e-mail h8184 -re@accor.com.br


                                                    PÁSCOA SOLIDÁRIA



Uma necessária reflexão sobre o verdadeiro sentido da Quaresma ,porque muita gente se engana e acha que o período exige privação de comer doce, beber cerveja e refri, renunciar a uma picanha, passar 40 dias sem ir ao cinema  e fazer outros "sacrifícios". Não é bem assim. A Quaresma exige de nós,como toda a Semana Santa, novas posturas e atitudes. Aliás, podemos fazer vários tipos de jejum,basta querer. Por exemplo: jejum de falar mal dos outros,de não saber perdoar, de remarcar preços, de relevar pequenas faltas, de não estender a mão.
A Páscoa, definitivamente, não pode se resumir a essa avalanche ovos de chocolate, numa orgia de tamanhos,  embalagens de luxo, competição de formas e cores. Nada contra os ovos, mas nossa Páscoa pode ser feita de gestos concretos de solidariedade: amor ao próximo; respeito às diferenças; eliminar preconceitos; aceitar as pessoas como elas realmente são; atitudes de abertura, fraternidade e solidariedade.
Com o orgulho de pai que ama muito sua filha Ana Cristina, não resisto à tentação de contar a vocês que neste sábado, dia 8, na sua loja Villa Bambini (Rua do Ouro 559, esquina de Monte Sião, na Serra),a comemoração antecipada da Páscoa terá um desfile de moda teen e quem vai pisar no tapete vermelho são jovens portadores de síndrome de  Down, valorizando-os como seres humanos, sem discriminações.
Minha filha, sempre preocupada com as questões sociais e ambientais, é uma jovem empresária, pagadora de impostos, que não faz do dinheiro o objetivo número 1 da vida. Ela se envolve com as questões da comunidade, ajuda e participa, não se omite, é generosa e abre seu coração. A festa de hoje começa às 10h e haverá música, café da manha, pula-pula e brincadeiras infantis. Os meninos que desfilam são os Amadinhos de Down.

      CARTÃO CLONADO, PRAGA DE NOSSO TEMPO


Um pedido de desculpas pelo espaço de 25 dias entre uma e outra edição do blog, pois o objetivo é sempre ter 4 postagens por mês. Desde o começo de fevereiro, estive envolvido com a clonagem do cartão Mastercard vinculado à  minha conta no Santader Select, Ag, 1477. Fraudulentamente,o cartão foi utilizado para saques em Caixas 24 Horas em drogarias e supermercados. Muitas vezes, o cidadão é forçado a conviver com essa praga dos tempos modernos, com ataques de hackers na internet e fraudes que começam nos presídios. Todos nós sabemos de acesso criminoso aos dados dos cartões, senhas e códigos secretos, até em postos de gasolina (o famigerado esquema do chupa-cabra): um aparelho de falsificação copia o número e senha, e você está perdido.

As faturas mensais de meu cartão chegavam sempre com valores bem superiores aos imaginados, e descobriu-se então que os saques,  em valores de R$ 1 mil e outros de 900, 800 e 700, sendo o menor de  R$ 550, começaram em fins de setembro de 2016. Passei quase 3 semanas internado no Mater Dei Contorno, fiz uma cirurgia que podia ter me levado à morte, o pós-operatório foi demorado e complicado,e os saques em postos 24 Horas chegaram a oito por mês. era dinheiro vivo retirado na hora,  não compras em drogarias e supermercados.

O Santander, através da central paulista (fone 4004-3535), garante que tem um setor específico contra fraudes, que se esforça para descobrir e desmascarar os bandidos, apesar da precariedade do sistema de vigilância e gravação de imagens junto aos Caixas 24 Horas. Descobri, no recém-aberto Epa Plus da Rua do Ouro 949, na Serra, que não há nenhuma câmera,entre dezenas no salão, capaz de filmar e gravar as pessoas fazendo saques. A direção da Rede Epa precisa imediatamente direcionar uma das câmeras para o terminal desprotegido, senão jamais será possível descobrir um clonador de cartões retirando dinheiro. Ou um assaltante misturado aos clientes. A insegurança interna é sempre precária e pouco eficiente.

É preciso, também,que as fitas gravadas (como na Drogaria Araújo da Rua do Ouro ) fiquem mais tempo  à disposição das vítimas de saques em seu terminal (sugiro mínimo de 90 dias). Se não houver um esforço conjunto, de nada vão valer os BOs (boletins de ocorrência) feitos nas delegacias mal-equipadas. Afinal, estamos no Brasil, onde tudo conspira contra o consumidor/cliente. E que não se descarte a possibilidade de  participação de empregados próximos aos Caixas 24 Horas, pois podem ser coniventes.

Sei de gente que teve prejuízos muito maiores. Estando próximo dos 80 anos, há um problema adicional: as pessoas podem imaginar que você é um bobo incompetente,  desinformado e sonso, incapaz da gestão de uma conta bancária, que empresta o cartão a desconhecidos  ou o entrega à diarista para ir ao supermercado.

No Brasil, é uma luta inglória comprovar furto,roubo ou falsificação de documento, e clonagem mais ainda. 

Acredito que os profissionais do Santander Select, Ag. 1747, nas Mangabeiras, terão acesso às  investigações - que incluem relatórios, depoimentos escritos e gravados - e vão sugerir a  devolução do dinheiro furtado e despesas relativas aos saques e possíveis juros, cobrindo os prejuízos. O advogado Paulo Nonato Passini, muito respeitado no  meio jurídico, estará ao meu lado.
-----------------

Belo Horizonte-MG,Brasil
05 de abrll de 2017
Editor -Hélio Fraga
Postagem e edição - Ana Cristina Noce Fraga
Contato - (31) 99311-3377

Nenhum comentário:

Postar um comentário