domingo, 26 de novembro de 2017

BLACK FRIDAY ENVOLVE DESTINOS TURÍSTICOS E ALGUMAS PROMOÇÕES DE COMPANHIAS AÉREAS





Como todo modismo importado dos Estados Unidos pelo Brasil, é preciso ter cuidado dobrado quando se trata das promoções de vendas tipo Black Friday. No Brasil,  nas tentativas de estimular a praga nacional de "tentar levar vantagem em tudo", acontecem abusos de vários tipos e tamanhos, na  busca do lucro fácil. Mas existem promoções sérias e descontos sensíveis no comércio normal e no eletrônico, assim como há esperteza, malandragem, exploração de cidadãos incautos e desinformados. Recomenda-se cautela, para não embarcar em canoa furada.



Claro que o turismo vem aumentando o espaço para oferecer descontos (reais ou ilusórios) tanto em pacotes de excursões, dentro e fora do país, assim como descontos em passagens aéreas - cujos preços foram aumentados abusivamente no começo desta semana (basta pegar o computador e comparar, simulando uma compra). Alguns preços quase dobraram


Apenas um pequeno detalhe: vocês não pensam que, entre as promoções da Black Friday,  devia estar o compromisso de todas as companhias aéreas nacionais, em determinado período,não cobrar nada pelo despacho de qualquer bagagem, acompanhada ou não, para qualquer região brasileira?


Nos EUA,o feriado de Thanksgiving (Dia Mundial de Ação de Graças) significa a abertura oficial da temporada de compras de Natal. Este é o primeiro passo, após o tradicional jantar em família em torno de um peru assado. É por isso que a abertura das principais lojas, a partir da meia-noite,e por toda a madrugada e depois que o dia clarear, é o desdobramento natural  do jantar. A comemoração do Thanksgiving supera a importância do próprio Natal. É o dia de recorde mundial de passageiros - todos os voos lotados e centenas de voos adicionais, numa nação de 312 milhões de habitantes.


Em vez de um final de semana consagrado à Black Friday, os descontos e privilégios dados aos consumidores costumam durar por vários dias ou semanas. Significa também desocupar espaços através da liquidação de estoques e substituição de artigos usados no verão pelas recém-adquiridas  pesadas roupas de inverno no Hemisfério Norte.  

Portanto, a promoção tem um sentido bem diferente deste que nós copiamos mal. Aqui, se trata de descontos reais ou fictícios. Considero desonesto dobrar o preço de determinado produto,e depois aplicar um falso desconto. A Black Friday se refere a produtos caros, e não a sabonetes e desodorantes. 


       SEIS SUGESTÕES DE EXCURSÕES NACIONAIS


Mas como não é hora de divagar sobre preços honestos ou simulados, incluo aqui alguns destinos de excursões pelo Brasil, com preços de Black Friday, e vocês decidem se lhes interessa. São pacotes  à venda para Natal-RN, Maceió, Porto Seguro, Porto de Galinhas, Costa Brasilis Resort e   La Torre Resort, todos com embarques neste final de novembro. Pacotes da operadora CVC, com duração de 8 dias e sete noites, todos incluindo passagem aérea, hospedagem com café da manhã e traslados aeroporto-hotel e vice-versa. Em todos os programas, há desconto de 50% para o segundo passageiro no bilhete aéreo. 

1) NATAL E SEU BELO LITORAL: o hotel escolhido é o Natal Praia, 3 estrelas, e o pacote inclui passeio pela cidade. A capital do Rio Grande do Norte oferece, na antiga Casa de Detenção, o animado forró com turistas, com grupos de danças regionais. Entre os vários passeios à disposição: dunas de Genipabu, praia e lagoa de Pirangi do Norte, Morro do Careca (proibido subir), Via Costeira, Forte dos Reis Magos, Ladeira do Sol, Praia dos Artistas etc; e ainda barracas de praia, passeio de jangada, feirinha de artesanato e folclore regional. Custo à  vista de R$ 1.236 por pessoa, ou 12 parcelas de 103 reais.

Natal oferece algumas das maiores praias do litoral do Nordeste

2) PORTO DE GALINHAS: este pacote é de 7 dias, com seis diárias na Pousada Encantos de Porto, categoria 2 estrelas. Mergulhos em piscinas naturais e arrecifes. Vários embarques neste final de novembro e em dezembro. Custo de R$ 1.401 por pessoa em acomodação dupla, financiados em 12 parcelas sem juros de R$ 116.


3) PORTO SEGURO: sete diárias no Hotel Fênix, 3 estrelas,  com passeio pela cidade e sugestões das melhores barracas para lazer noturno. Custo a partir de R$ 678 por pessoa, ou financiado em 12 parcelas sem juros de R$ 66.
4) COSTA BRASILIS RESORT, em Santo André, com acesso via Porto Seguro. O melhor detalhe é a gratuidade para 2 crianças na hospedagem. O Costa Brasilis, com belas praias até onde a vista alcança, é um resort  de 4 estrelas. O pacote inclui um passeio pela região. Custo de R$ 2.534 por adulto, em 12 prestações de R$ 211.

No Costa Brasilis predomina a comodidade à beira da praia


5) LITORAL DE MACEIÓ:  hospedagem por sete dias no Trópico Praia Hotel, de 3 estrelas, incluindo um passeio pela cidade e visitando as praias de Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca e Cruz das Almas. Vários passeios opcionais com operadoras alagoanas.Custo de R$ 1.103 com parcelamento em 12 mensais de R$ 91.

6) LA TORRE RESORT, região nobre de Porto Seguro, com gratuidade para 2 crianças no apartamento dos pais. Regime tudo incluído, com café da manhã, almoço e jantar com bebidas. Passeio pela cidade e várias atrações para o público infantil. Custo por adulto de R$ 3.498, ou doze mensais de R$ 291.

A semana da Black Friday inclui pacotes com preços especiais em hotéis de categoria turística 3 estrelas, em outros destinos nacionais,  como Ilhéus e Salvador, Itacaré, Olivença, Recife, Olinda, João Pessoa, tambaba, Fortaleza, Praia de Cumbuco, Jericoacoara, Aquiraz, Beach Park etc.

Estão disponíveis também,ela internet e agências de viagens, pacotes em dezembro para Santiago do Chile, Buenos Aires, Montevidéu, Punta del Este, República Dominicana, San Andrés (Colômbia), Punta Cana, Lima, Cuzco e Machu Picchu, incluindo lugares famosos da gastronomia peruana, hoje considerada entre as melhores da América do Sul.


                        TRÊS DICAS PARA PRAIAS DE CANCÚN



Para quem vai sair de férias na primeira quinzena de dezembro, Cancún surge como um dos destinos preferidos  no Caribe e Riviera Mexicana, pelos seus hotéis e resorts de luxo, praias da mar azul, esportes  náuticos à disposição, vida noturna agitada (principalmente para adultos desacompanhados) e belos passeios a pontos de mergulho, sítios históricos, praias lindas e ruínas da civilização maia, como em Cozumel, Isla Mujeres e Chitchén Itzá. 

Cancún tem uma clientela fiel no Brasil. Veja essas excursões com embarques em 5 de dezembro, com duração de sete dias, incluindo passagem aérea e seis diárias em hotel de 4 estrelas, com café da manhã incluso na diária. No Krystal Urban Cancún, custo a partir de R$ 3.990 por pessoa, financiados em 10 parcelas sem juros de R$ 399.

Outra opção de hospedagem é  o Oasis Palm Beach, também em pacote de 7 dias e 6 noites em regime "all inclusive", com comidas e bebidas à vontade.Na saída de 5 de dezembro, custo por adulto de R$ 4.890, em 10 parcelas sem juros de R$ 489. O mesmo preço se aplica ao pacote com hospedagem no Hotel Laguna Suítes, também incluindo comidas e bebidas.  Ligue para 3003-9282 e peça mais detalhes na CVC.

Hotéis de luxo enfileirados em frente ao mar azul de Cancún.

      AÉREAS CONFIRMAM RECUPERAÇÃO DO MERCADO


Acompanhando a cobertura do jornal "Valor Econômico", em suas edições mais recentes, a aviação civil brasileira está mais otimista sobre a recuperação do mercado, na opinião de seus principais executivos. Mudanças foram feitas em companhias, como a Azul Linhas Aéreas, onde John Rodgerson assumiu a presidência, e na Latam Airlines Brasil, cujo comando está sob responsabilidade de Jerome Cadier, diretamente vinculado à administração central em Santiago do Chile. Os dois executivos fizeram rápida análise do mercado e  disseram ao "'Valor Econômico" (sempre bem informado) que estão sentindo que a instabilidade dos últimos meses não está se repetindo. É visível a recuperação do mercado. A incerteza já passou.

Falando ao especialista João José Oliveira, em São Paulo, Jerome Cadier contou que o Brasil responde por 26 por cento da oferta de assentos da empresa  e a demanda no terceiro trimestre deste ano se mostrou mais estável. A ideia da Latam é aumentar a oferta de assentos nos semestres futuros, estimulada pela sensação de estabilidade do mercado.

Jerome Cadier traça as estratégias da Latam Airlines Brasil


No mesmo "Valor", segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) a demanda por voos domésticos cresceu 6,6 porcento em setembro, o sétimo mês consecutivo de expansão. A aviação brasileira registrou 19 meses seguidos  de retração de demanda, de agosto de 2015 a março de 2017.O principal jornal econômico do país confirmou que a Azul, Gol e Latam, em seus balanços do 3º trimestre deste ano, apresentam melhores números de receitas e lucros e a conclusão é e de que há espaço para aumentar a capacidade nos próximos meses.

A Gol líder da aviação comercial brasileira, fortemente apoiada pela americana  Delta Air Lines, teve um lucro líquido de R$ 327,6 milhões ante perda de R$ 900 mil um ano antes, e incremento de 13,2% na receita, que somou R$ 2,72 bilhões. A Azul, segundo John Rodgerson, teve um lucro líquido de R$ 204 milhões no terceiro trimestre, ante R$ 9,4 milhões um ano antes. Suas receitas aumentaram 15%, para R$ 2 bilhões. Houve crescimento de 6,7 por cento no tráfego de passageiros. E Cadier, da Latam, revelou que os custos da empresa aumentaram 1,4% entre julho e setembro passado, portanto em ritmo inferior ao da expansão das receitas, atingindo R$ 2,4 bilhões. 

De janeiro até 30 de setembro deste ano foram transportados pelas companhias brasileiras 89 milhões de passageiros, e o aumento foi de  1,80%  ante igual período de 2016. A capacidade subiu 1,2%. As empresas têm o propósito de continuar lutando para que o preço médio das passagens não recue.

De vez em quando, havendo chance, vou tentar repassar a vocês - sempre citando as fontes - o que sai de importante na grande Imprensa nacional sobre o setor da aviação civil, no que se refere a informação econômica. Pena que leitor mineiro não encontre tais informações na  Imprensa do seu Estado. E coluna de blog dedicada a viagens de lazer não parece o local mais adequado. Vocês concordam?

John Rodgerson comanda a Azul Linhas Aéreas


----------------



PS: Uma excelente notícia: no dia 9 dezembro, sábado, com um almoço no restaurante Maria das Tranças, na Rua Professor Morais, a partir de 12h,  será comemorado o 52º aniversário de nossa formatura na Faculdade de Direito da UFMG, turma de 1965. Em vez do tradicional jantar no Automóvel Clube, optou-se por uma solução mais econômica, de acordo com os novos tempos, idealizada pelo desembargador Roney de Oliveira, ex-presidente do TJMG. Dos 150 formandos de cinco décadas atrás, restam vivos menos de 90 bacharéis. Neste dia 9/12, neste espaço, haverá um blog especial dedicado a esses veteranos do Direito: Roney, Dilermando de Mello, Paulo Nonato Passini,  des. Jarbas Carvalho de Oliveira Filho, des. Roberto Borges de Oliveira, desembargador e poeta Célio Paduani, des. Pedro Henriques de Oliveira Freitas, Ronaldson de Oliveira Naves, Gilvar de Pinho Tavares, José Otávio Alkmin Henriques, Marton Victor dos Santos, Kemil Kumaira, Leopoldo Bessone, Justino de Barros Frossard, Antônio Álvares da Silva, desembargador Aécio Bastos da Fonseca (Brasília-DF), dr. Marcondes Franco e Silva (bacharel em Direito e depois psiquiatra), Nazaré Argemiro e Roberto Rogério de Castro, Adrianus Johannes Ueterwaal (Rio), Ana Maria Braga e Silva, Zélia Teresa Nogueira Mendes, Marisa Parreiras Bouchardet, Namildes Souza Mendes (Nanuque), jornalista e escritor  Carmo Ribeiro Chagas (São Paulo), Nilma Goulart (Brasília), Danaé Alves Ramos (Goiânia). Nosso paraninfo foi o saudoso prof. Raimundo Cândido. Entre nossos mestres, Jair Leonardo Lopes, Washington Albino, Alberto Deodato, Raul Machado Horta, José do Valle Ferreira e Lydio Machado Bandeira de Mello. Aos mortos, nossa saudade. Aos vivos, um final de vida digno e com boa saúde, cercados de apoio e respeito pelas famílias e amigos, e pelo amor e carinho de seus netos - entre os quais incluo meus quatro: Rafael, Mariana, Larissa e o recém-nascido Ian. E Julinha, desde 1988 no céu.

-----------------------------------------------------------
Belo Horizonte/MG- Brasil
29 de novembro de 2017
Editor - Hélio Fraga
Postagem e edição - Ana Cristina Noce Fraga

Nenhum comentário:

Postar um comentário