sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

DIA 3 DE JUNHO, AZUL INAUGURA VOO DIRETO DE VIRACOPOS PARA O PORTO

É impossível ir à Portugal e não visitar a cidade do Porto

Está confirmado para 3 de junho, segunda-feira, o início dos três voos semanais diretos de Viracopos-SP (Campinas)   para a cidade do Porto. no norte de Portugal. São nove horas de voo, operados com Airbus A330-200 da empresa fundada por David Neeleman e presidida por John Rodgerson.  A aeronave oferece 272 assentos, sendo 20 na classe executiva e 252 na econômica, na configuração de 8 poltronas por fileira (2+4+2), com 16 tripulantes por viagem.

Esta é a quarta rota internacional da Azul partindo do Brasil,sempre começando por Viracopos. A companhia já voa diariamente para Lisboa, em Portugal; e para Fort Lauderdale e Orlando na Flórida, EUA. Esta ligação para O Porto (Aeroporto Sá Carneiro, antigo Pedras Rubras) será sua segunda para Portugal, começando com 3 voos semanais: idas às segundas-feiras,quartas e sextas, e retorno aos sábados, terças e quintas-feiras. 

O jato A330-200 da Azul tem poltronas na configuração de 2+4+2 nas fileiras

Detalhes dos novos voos: decolagem de Viracopos às 17h20, com pouso no norte de Portugal às 7h20 da manhã seguinte, voo AD-8756. No retorno, voo AD-8757, partida do Porto às 9h25, pousando em Campinas às 18h10 locais. Com o dólar a R$ 3,65, o custo da ida e volta para um casal em reais custava R$ 8.079, já incluindo o trecho Confins/Viracopos e as taxas. Financiamento: entrada de R$ 1.513,18 (com taxas) mais sete parcelas de R$ 940. O financiamento em 12 vezes sem juros é só para portadores do cartão Itaú-Azul.

A cidade do Porto (sigla aérea OPO) é a segunda maior de Portugal, e capital econômica da região norte do país, com a vantagem de ser próxima da fronteira com a Espanha. Porto é famosa internacionalmente pela sua maior fonte de riqueza, que são os vinhos  do Porto, procedentes de centenas de vinhedos ao longo do Rio Douro. Há pelo menos 3 séculos eles são fabricados por ingleses, na cidade de Vila Nova de Gaia,que fica de frente para o Porto, na outra margem do Douro.
A ligação entre as duas ciddes, ambas lindas, é feita por quatro pontes, sendo duas de ferro e as outras de concreto. Não deixe de ir à beira  do rio (Ribeiira) e jantar um peixe e beber uma cerveja Sagres ou Super Bock, que disputam a preferência nacional.

As duas majestosas pontes de ferro, com os nomes de Dona Maria I e Dom Luís, em forma de arcos, estão entre as grandes atrações da região, tendo sido construídas por Gustav Eiffel,o construtor da Torre Eiffel em Paris. Há ligações entre as duas cidades por barcos também. Além da moderna autoestrada ligando o Porto a Lisboa e ao resto do país, há ainda vários voos diários entre Porto e a capital, e ligações para a Ilha da Madeira, Açores, Algarve e as principais cidades portuguesas. E também ligações ferroviárias pela empresa estatal CP, Comboios de Portugal. Nas linhas maiores, os trens atingem a velocidade de 300 km por hora.
                                   A Torre dos Clérigos, marco arquitetônico da cidade do Porto


Quem for  ao Porto pode visitar Póvoa do Varzim,  terra de Eça de Queiroz, e sua vizinha,a encantadora Vila do Conde; as cidades históricas de Braga e Guimarães; e lugares atraentes como Viana do Castelo, Matozinhos, Vila Real, Espinho, Ezmoriz, Aveiro, Régua, Penafiel, Marco de Canaveses, Felgueiras e Viseu. Se tiver uma chance, não deixe de conhecer O Porto - ainda mais agora, com este voo direto da Azul e, com certeza, os pacotes  que a Azul Viagens vai lançar.


CAVES DE VINHO DO PORTO EM VILA NOVA DE GAIA

Dizem que o vinho do Porto é o único que a rainha Elizabeth II bebe - sinal de que Sua Majestade tem gosto refinado. É considerado o melhor vinho do mundo, com a discordância dos franceses. As uvas do Vale do Douro são realmente raras e preciosas. Os britânicos chegaram à região, compraram terras, fizeram suas pesquisas e experiências, selecionarmos vários tipos de uvas, e o resultado foi o estupendo vinho do Porto. Sou um interessado no assunto há anos (minha primeira visita ao  Porto foi nos anos 70, voando num Boeing 77320 C da inesquevível Varigimas sem qualquer pretensão de ser conhecedor profundo e sem aquela petulância de alguns enólogos (chatíssimos e discursivos, quase sempre). Meus vinhos preferidos são os da família Symington, tradicional produtora dos Portos de marca Graham's e Dow.
Nada mais gostoso do que apreciar um vinho em Vila Nova de Gaia
Quanto mais velho for o vinho, maior será seu preço. Há Portos cotados a mais de 300 ou 500 euros (multiplique isso por R$ 4,50). Em Porto e Vila Nova de Gaia, encontram-se verdadeiras preciosidades e os melhores hotéis se orgulham de suas adegas. Lojas de vinhos parecem que estão vendendo relógios Rolex. Em casas especializadas em vinhos antigos e raros, pode-se encontrar vinhos do Porto produzidos há mais de 100 anos, e as garrafas mostram as marcas do tempo.


Estando na parte histórica da cidade do Porto, perto da estação de São Bento,  basta pegar o metrô de superfície que cruza as pontes e leva às caves de vinho de Vila Nova de Gaia, todas claramente identificadas por grandes placas, localizando as marcas mais conhecidas, como Ferreira, A. Ramos Pinto, Calem, Sandeman e Real Companhia Velha. Essas caves e adegas têm,obviamente, centenas de tonéis de carvalho, madeira nobre para o armazenamento de vinhos. Os visitantes, em grupos, assistem a vídeos sobre o processo de produção, e ouvem explicações  técnicas sobre as melhores safras e os melhores produtos premiados internacionalmente. Uma visita com degustação pode custar de 50 a 100 euros, dependendo dos vinhos que serão provados. E que são embalados para viagem. Vem gente do mundo inteiro. Os japoneses, chineses e coreanos, em número cada vez maior. São consumidores vorazes e endinheirados.

As caves mais conhecidas, de frente para o Rio Douro - todas em subidas de morro,e ruas bem estreitas - ficam na Av. Diogo Leite, Av. Ramos Pinto (famoso fabricante), Rua Cândido dos Reis, Largo Miguel Bombarda, Av. Dom João II,  Rua do Choupelo, Rua Rei Ramiro, Rua Serpa Pinto e Rua D. Leonor de Freitas. Os hotéis do Porto têm folhetos e mapas identificativos de onde ficam essas caves. É lá que os turistas vão disputar produtos conhecidos mundialmente, como os vinhos Quinta do Noval, Rozès, Kopke, Churchill, Taylor's, Cockburn's, Offley Forrester, Sandeman, Sogevinus, Wiese & Krohn e outras. Na classe executiva das grandes empresas aéreas internacionais, os vinhos do Porto mais servidos após o jantar são o Churchill e Taylor's de 10 anos.

As produtoras estão concentradas na AEVP, Associação das Empresas de Vinho do Porto. Sugiro consultar os sites www.cavesvinhodoporto.com e www.aevp.pt. A associação, constituída em 1975, tem como objetivo representar e proteger os interesses de seus associados e a promoção da indústria e comércio dos vinhos do Porto e Douro,e outros produtos vínicos (palavra que eles usam muito,em vez de vinículas) da Região Demarcada do Douro.

Sugiro consultar outros sites: www.grahams-port.com; www.sograpevinhos.eu (Ferreira); www.rozes.pt; www.realcompanhiavelha.pt; www.quintadonoval.com; www.kopkeports.com; www.ramospinto.pt; www.cockburns.com. Além do Ferreira, o vinho do Porto mais conhecido e consumido no Brasil, a Sogrape Vinhos produz ainda os Portos Sandeman e Offley Forrester. De maio a outubro,as caves de vinhos abrem todos os dias, para visitas, entre 10h e 19h. Nos meses de inverno (baixa estação), costumam fechar às 17h30. Desejo-lhe sucesso nas suas pesquisas. Os melhores vinhos do Porto em BH estão nas lojas do Verdemar.
      REDE DOM PEDRO HOTELS & GOLF COLLECTION 
 Hotel Dom Pedro Palace, um dos preferidos pelos brasileiros


Uma delegação de empresários do turismo de Portugal virá a Belo Horizonte para um evento no dia 25 próximo,  a partir de 18h30, no Hotel Royal Savassi: a organização Portugal United, em conjunto com a TAP, vai reunir agentes de viagens e profissionais de Comunicação para divulgar uma série de produtos e serviços turísticos. Um dos mais importantes  participantes será o empresário Pedro Ribeiro, diretor de vendas da Rede Dom Pedro, que vai divulgar no mercado mineiro uma série de novidades em seus  hotéis e campos de golfe.

A rede está em evidência porque o Dom Pedro Laguna Beach & Golf Resort, no Ceará, foi escolhido como o melhor resort de praia da América do Sul e do Brasil, recebendo o World Travel Awards. O prêmio foi dado ao Aquiraz Riviera Golf Course, na praia de Marambaia, uma das mais bonitas do litoral cearense.

Pedro Ribeiro estará lançando novas promoções em torno do resort no Nordeste, e vai contar também as novidades sobre o Hotel Dom Pedro Palace de Lisboa; os dois resorts na Ilha da Madeira; quatro no Algarve, sul de Portugal (Vilamoura, Lagos, Marina e Portobelo); e os vários campos de golfe associados ao hotel.

Fazem parte da delegação da Portugal United organizações como Cassino Estoril, Belmond Reid's Palace, Palácio Estoril, Citur e Lutécia Hotel. A TAP traz os empresários e organiza o evento. Meu convite chegou de Lisboa através de Sofia Constante, assistente da diretoria comercial no Dom Pedro Hotels & Golf Collection. Logo em seguida, veio o do Casino Estoril, enviado por Nuno Sardinha, meu fiel amigo. Será um grande prazer e  alegria poder participar. 

Será um reencontro com a TAP, pois nossas relações praticamente terminaram no dia em que deixei o jornal "Hoje em Dia", mas continuei  ajudando e apoiando a empresa no blog - mesmo porque, acima da TAP, está Portugal, o país do meu coração,  por quem tenho  profunda admiração e respeito.
Até parece que sou descendente de meu ídolo, o Infante Dom Henrique.

A grande nação portuguesa fala ao meu coração. É onde me sinto em casa. Sou torcedor do F.C. Porto, embora respeitando Benfica, Sporting, Braga, Vitória de Setúbal, Marítimo, Nacional da Madeira e os demais adversários. Durante anos, exercitei o meu amor por Portugal viajando pelo Porto, Vila Nova de Gaia, Coimbra, Braga, Guimarães, Setúbal, Faro, Albufeira, Funchal, Viana do Castelo, Évora, Alcobaça, Fatima, Nazaré, Cascais, Estoril, Beja, Viseu, Guarda, Vila Real, Caldas da Rainha, Torres Vedras, Praia do Guincho, Cabo da Roca, Matosinhos (as melhores sardinhas do mundo), Povoa de Varzim, Vila do Conde, Batalha, Leiria, Barcelos etc. 
-------------------


 
PS: Não é insensibilidade. Não posso misturar ternas lembranças de Portugal com esta tragédia monstruosa e vergonhosa de Brumadinho, crimes em série cometidos pela Vale, alertas não levados a sério, asqueroso suborno de deputados federais e estaduais mineiros pelas gananciosas mineradoras, tantos corpos ainda debaixo da lama - mas fala mais alto a admirável dedicação dos bombeiros e voluntários, verdadeiros heróis diante de tantas adversidades.
--------------

 Hélio Fraga
Belo Horizonte, 08 de fevereiro de 2019.

Um comentário:

  1. Olá meu bom senhor.
    Concordo com tudo, excepto " Matosinhos (as melhores sardinhas do mundo)" eu sou do Porto, bem próximo de Matosinhos, como sabe. As melhores sardinhas do mundo são de Peniche. Recomendo a visita em Junho/ Julho. Parabéns pelo seu blog. Respeitosos cumprimentos.
    PS: Em Agosto vou de férias ao Porto.

    ResponderExcluir